Arquivo de Vida

10
jul

Como trabalhar a linguagem corporal

por wkprisma às 14:37 em: Vida

Você tem problemas com a linguagem corporal “certa”?

Aqui estão cinco posturas para trabalhar

1 – O pé “fala”

Se o pé de seu interlocutor continuar no lugar e ele girar os torsos superiores em sua direção, ele não quer (mais) falar consigo.

Mas se os pés estiverem abertos, saiba que ele quer falar (mais) consigo.

2 – O sorriso “fala”

Pessoas que sorriem, mesmo que não estejam felizes, podem se sentir melhor; tente sorrir no banheiro ou em um lugar calmo, antes de uma conversa difícil, entrevista de emprego. Vai ajudar você a ser mais bem-sucedido.

3 – Postura “fala”

Uma postura “com poder” é inclinar para trás com as mãos entrelaçadas atrás da cabeça ou sentar “a vontade.

linguagem corporal 1

Um postura “sem poder” é sentar encurralado ou inclinado para frente com cabeça inclinada

linguagem corporal 2

Pratique por dois ou três minutos antes de uma conversa importante – em lugar calmo e veja se elas trazem os mesmos resultados para você.

4 – Alinhamento “fala”

Realinhe seu corpo para manter harmonia com o seu interlocutor durante a conversa; assim você diminui tensões e abre espaço para mente aberta – importante para soluções criativas.

5 – Voz “fala”

Homens e mulheres com vozes profundas são melhores candidatos a cargos de liderança.

Para baixar sua voz, especialmente antes de uma entrevista, tente dar um respiro profundo; assim você relaxa a área da sua garganta, o que aumenta o tom da sua voz.

Fonte: http://www.administradores.com.br/artigos/carreira/segredos-da-linguagem-corporal-alguns-motivos-pelos-quais-voce-nunca-mais-cruzara-os-bracos/71603/

Para tirar dúvidas

fale com wkprisma@wkprisma.com.br

ou visite www.wkprisma.com.br

 

 

Tags:

Comentários



16
jun

Trabalhar em Casa – Prazer ou Tormento?

por wkprisma às 17:43 em: Vida

Certamente você já pensou se deve trabalhar em casa ou não; o que os americanos denominam como SOHO – Small Office Home Office.

Quem trabalha de casa, sabe que esta opção tem as suas vantagens e desvantagens.

O site de humor The Oat Meal elaborou quadrinhos divertidos sobre o assunto

Veja no http://enora.com.br/artigos/pros-e-contras-de-trabalhar-em-casa

Tags: ,

Comentários



15
jun

Network – modismo ou solução

por wkprisma às 13:52 em: Vida

Desenvolver seu network torna se cada vez mais um item na agenda da nossa vida, pessoal e profissional.

É comum termos uma rede de contatos, composta por inúmeras pessoas; no entanto, como o nome diz, estes são apenas “contatos”.

Possuir um “network”, pronto para acessar quando precisa dele, requer interagir com seus contatos de forma regular e seletiva.

O que fazer?

Comece juntar os cartões de visita ou outras anotações espalhados em vários lugares. Faça uma planilha (tipo Excel) registrando nome, tipo de relacionamento, eventualmente onde ou como conheceu, e-mail/telefone. No final você terá uma base de dados estruturada que servirá para acessar e utiliza-los de forma mais produtiva.

Partindo disso crie o hábito aproveitar oportunidades para estabelecer novos contatos, pessoais e profissionais. Use o sistema acima para expandir sua memória de contatos.

Agora só falta estreitar duas relações, fazendo-se lembrado, cumprimentando em datas especiais (nominal!!!), comunicando novidades, dando dicas etc. Mas cuidado: não seja invasivo – pensa antes de enviar a sua mensagem, se ela pode ser real interesse ou não.

Os meios de comunicação são os mais variados: perfis em redes sociais, onde recomendo o linked in para contatos profissionais – inclusive internacionais (se for para uma viagem pelo mundo eu teria contatos locais em mais de 40 países), websites pessoais ou profissionais com suas opções de blog, fale conosco (lembrando que a melhor forma de achar um cliente é ser achado por ele).

O seu network vai evoluir naturalmente. Os resultados vão vir, quando você menos espera – porque você está no network do outro também!

Happy Networking!

 

Tags: ,

Comentários



26
mar

Time is Money – verdadeiro ou falso?

por wkprisma às 13:37 em: Vida


Tempo

Parece ser uma epidemia: “não tenho tempo”. Usamos a desculpa da falta de tempo com nossa equipe, nossos clientes, nossos parceiros e até com nossa família – e mais, com a gente mesmo.

Se estamos sempre ocupados para todos e tudo, o que estamos fazendo com calma, concentração e critério?

Você não é avaliado por quantas coisas você conseguiu fazer, mas pelo impacto que os seus feitos fizeram.

O que acontece, na realidade, não é que falta tempo. É falha na organização do nosso dia-a-dia; fazemos uma agenda diária/mensal? estamos priorizando? sabemos dizer não? somos objetivos na conversa? entramos no bolso da conversa do outro? aprendemos conduzir reuniões? sabemos desligar o celular?

Porque não avaliar, como estamos agindo com nossa equipe, nossos clientes, nossos pares, nossa família? Se tiver dúvidas, porque não pergunta-los: como estou me saindo quando o assunto é “tempo”?

É bom lembrar, que além do dinheiro, tempo é o único recurso que não é elástico!

Como os americanos dizem: “time is money” – eles são autorizados a falar isso: são tremendos gestores de tempo!

Fazem agenda – priorizam – sabemos dizer não – vão direto ao assunto – detestam rodeios – são pontuais, focados e práticos em reuniões.

Quem sabe, com um pouco mais de disciplina, podemos ganhar tempo e gerar resultados melhores com menos desgaste – e ganhar mais dinheiro – para nós e para os outros…

Faça seu test drive!

Tags:

Comentários



BlogBlogs.Com.Br

BlogBlogs.Com.Br