Quem n√£o tem dificuldade de definir o conceito t√£o comum ‚ÄúMotiva√ß√£o‚ÄĚ.

O que é Motivação?

Para simplificar sugerimos aqui uma explicação simples: Motivação é o impulso (desejo, necessidade, expectativa), que gera um movimento ou uma ação.

Se a pessoa quer fazer carreira (impulso), ela se move para trabalhar mais e melhor.

Todos nós temos desejos, necessidades ou expectativas (impulsos); ou seja, nós somos motivados.

O que normalmente falta s√£o condi√ß√Ķes para que a pessoa se movimente para responder aos seus impulsos.

O que é motivar?

Portanto, motivar é incentivar a pessoa a fazer a ponte entre impulso e resultado, ou seja, agir (sair da zona de conforto); podemos entender ação como impulso menos obstáculo.

Como motivar?

Quando uma pessoa quer realizar algo, costumam surgir obst√°culos; motivar significa ent√£o ou aumentar o impulso ou reduzir o obst√°culo.

Exemplo

Você quer que sua equipe supere a meta mínima, sem comprometer o resultado; o que fazer:

1 – Aumentar o impulso atrav√©s de b√īnus, reconhecimento, benef√≠cio etc.

2 ‚Äď Reduzir obst√°culos como estresse atrav√©s de mentoring, aulas de yoga etc.

Em suma: gerar resultados com menos desgaste e mais realiza√ß√£o √© poss√≠vel. A tese ‚ÄúNingu√©m pode motivar ningu√©m‚ÄĚ √© nem verdadeiro (onde n√£o h√° impulso, n√£o d√° para motivar) e nem falso (impulso sem incentivo √© motiva√ß√£o atrofiada).

 

Tags:

Coment√°rios



Você já pensou aplicar Inteligência Emocional aos negócios?

O que organiza√ß√Ķes buscam s√£o gestores que saibam desenvolver empatia e equil√≠brio com a sua equipe; aqui entra Daniel Goleman com sua teoria da Intelig√™ncia Emocional, que se tornou um mantra de gest√£o empresarial.

A forma eles compreendem (ou n√£o) emo√ß√Ķes, atitudes e relacionamentos ‚Äď a partir do outro √© fator cr√≠tico de sucesso na gest√£o empresarial.

Ele defende que a melhor motivação para desenvolver força mental e empatia precisa partir da vontade do indivíduo.

Para desenvolver a inteligência emocional Goleman sugere 5 passos:

1 ‚Äď Pergunte: ‚Äúisso √© importante para me realizar e seguir carreira?‚ÄĚ

2 ‚Äď Fa√ßa um invent√°rio 360¬ļ das suas compet√™ncia emocionais, recolhendo opini√Ķes de superiores, pares, familiares, membros da equipe.

3 ‚Äď Avalie os resultados, avaliando: como voc√™ cria empatia com as pessoas, como voc√™ desenvolve rela√ß√Ķes, persuas√£o e coopera√ß√£o.

4 ‚Äď Identifique a √°rea na qual voc√™ acredita que vale a pena investir¬† esfor√ßo e tempo para melhorar.

5 ‚Äď Seguir o seu comportamento melhorado ‚Äď o tempo todo.

Como medir nossa inteligência emocional?

Desenvolva um ‚Äúempat√īmetro‚ÄĚ que capta atra√ß√£o (ou n√£o), qu√≠mica (ou n√£o) com as pessoas, procura por outros (ou n√£o).

O que priorizar para ser mais aceito?

Tente ser positivo, extrovertido e conectado com outros ‚Äď meio para se tornar bom colaborador, jogador de equipe e l√≠der ‚Äď √© fazer implacar sua intelig√™ncia no outro que voc√™ exerce a fun√ß√£o mais importante do l√≠der, enfatiza Goleman.

Quais resultados uma empresa que encoraja inteligência emocional pode esperar?

Goleman destaca Mais satisfação, mais motivação e mais retenção dos colaboradores, mais retenção de colaboradores; consequentemente melhores resultados.

Para detalhes visite http://www.administradores.com.br/entrevistas/carreira/a-inteligencia-emocional-aplicada-aos-negocios/122/

 

Para tirar d√ļvidas

 fale com wkprisma@wkprisma.com.br

 ou visite www.wkprisma.com.br

 

 

Tags: , , , , ,

Coment√°rios



Você já ouviu falar que no mundo corporativo outras formas de motivação, que não seja dinheiro, são até mais motivadoras?

Pois √©, n√£o √© que o dinheiro n√£o seja um motivador importante; ele apenas tem impacto imediato; o colaborador adquire a mentalidade do ‚Äúquero mais‚ÄĚ, sempre insatisfeito enquanto n√£o consegue mais; pior ele faz leil√£o entre outras ofertas de trabalho ‚Äď este jogo pode virar um perde x perde: o colaborador pode perder a oportunidade de uma carreira, a empresa pode perder um talento.

Quando h√° perspectiva de desenvolver uma carreira, ou seja um relacionamento de m√ļtuo interesse colaborador x empresa, o gestor empresarial devem trabalhar com um ‚Äúmix‚ÄĚ de motivadores.

A parte de um sal√°rio compat√≠vel com o mercado, oferecem plano de carreira, upgrades de benef√≠cios, job rotation, bolsa de estudo, interc√Ęmbio com matriz, treinamentos, por exemplo, gratifica√ß√£o para alto desempenho, promo√ß√Ķes etc.

Em outras palavras, dinheiro deixe de ser condi√ß√£o para ficar na empresa, ele se torna conseq√ľ√™ncia de desempenho mensur√°vel, reconhecido e remunerado.

Em √ļltima inst√Ęncia, √© bom lembrar, que sucesso √© o encontro do preparo com a oportunidade; o √ļltimo fato gerador cabe a empresa, o primeiro cabe ao colaborador.

Por que n√£o experimentar?

Tags: , ,

Coment√°rios



BlogBlogs.Com.Br

BlogBlogs.Com.Br